Sociedade

GNR encontra criança de dois anos abandonada na sua própria casa degradada

A criança foi entregue aos cuidados dos avós e o seu processo está a ser supervisionado pela CPCJ de Tarouca.

Após uma denúncia da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Tarouca, os militares da Guarda Nacional Republicana (GNR) encontraram uma criança de dois anos abandonada na sua própria casa, em condições precárias, em Tarouca.

De acordo com o comunicado, a CPCJ deu conta da ausência da criança na creche e GNR deslocou-se à residência dos progenitores para averiguar a situação. Quando chegaram ao local, a GNR deparou-se com a porta da residência aberta, sem ninguém dentro da propriedade para os receber.

Ao aproximarem-se da entrada da casa, os militares encontraram a criança sozinha, num “ambiente de condições precárias de higiene” com material para o consumo de produtos estupefacientes à vista, explicou a GNR.

Durante as diligências policiais, foram apreendidas 13 doses de haxixe “pelo que o pai da criança, um homem de 23 anos, foi detido”.

A criança foi entregue aos cuidados dos avós e o seu processo está a ser supervisionado pela CPCJ de Tarouca.

O homem de 23 anos foi detido e constituído arguido, sendo que os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Lamego.