Made in Portugal

"O carro é a nossa imagem"

Na 8Car Clean o segredo do negócio vai desde a formação do pessoal aos produtos utilizados. A ‘limpeza técnica com detalhe’ tem como objetivo final acrescentar valor à viatura. Por isso o processo de limpeza e tratamento é conduzido ao pormenor consoante os materiais e o veículo em causa, explica o responsável Helder Pinhão.

Helder Pinhão tem 44 anos e está há 9 meses à frente da 8Car Clean, serviço de limpeza de viaturas localizado na garagem do Núcleo Central do Tagus Park, em Oeiras. Quando surgiu a oportunidade, Helder não hesitou em fazer algo diferente daquilo que encontrava quando procurava um serviço desta natureza. «Por que não pegar neste negócio e fazer algo diferente?», questionou-se. E assim acelerou nesta nova aventura que, como explica, tem muito mais ‘ciência’ do que a que parece. Na 8Car Clean «eleva-se a tradicional lavagem para a estética automóvel». Isto significa que todo o processo de formação e os produtos utilizados em cada viatura ou material são testados ao detalhe para que o resultado final vá além daquele que encontra noutra garagem: acrescentar valor à viatura é a máxima da empresa que se rege por cinco pilares fundamentais.

Helder destaca logo à partida a formação obrigatória de quatro meses, que se divide em aulas teóricas e práticas. Neste campo, juntam-se ainda as aulas de formação sobre os produtos/equipamentos e de relação interpessoal. «Não basta saber fazer, é preciso saber comunicar», relembra, sublinhando a importância de saber «esclarecer o cliente» sobre o tipo de intervenção que a sua viatura exige. «O cliente está habituado à limpeza comum, ou seja lavar o carro por fora e aspirar por dentro – mas há muito mais complexidade», alerta o empreendedor.

Por essa razão, Helder Pinhão descarta desde logo a opção da lavagem rápida dos carros, ou seja aquela com que estamos habitualmente familiarizados, aproveitando uma ida ao centro comercial ou a outro local para «despachar o assunto». Aqui, esse tipo de serviço não está sequer disponibilizado: «Este trabalho pede tempo, não dá para deixar aqui o carro 20 minutos – mesmo que seja só a limpeza por fora e fica pronto. Não fazemos isso». O motivo é simples: a «limpeza técnica com detalhe», como Helder designa, não permite apresentar o trabalho premium que o cliente vai encontrar na 8Car Clean. O serviço mínimo ronda os 20 euros, mas o ‘preço versus qualidade’, não duvida, é «extremamente competitivo».

«A maioria dos carros tem plásticos no interior, e muitos passam um pano ou um produto que dá um certo brilho, mas isso não é o mais correto. Quando se opta por uma limpeza de interiores, principalmente nos plásticos, tem que ser lavado, hidratado e tratado, para preservar a qualidade do material», exemplifica. Também os bancos devem ser lavados anualmente, «dependente do uso», e igualmente hidratados. Já no que respeita ao exterior da viatura, «uma das coisas que a maioria não faz e desconhece relaciona-se com a descontaminação».

Há dois tipos: a descontaminação química e a mecânica. «A última é utilizada sempre que é feito polimento na viatura e a química já pode ser feita quando se faz uma limpeza comum. Trata-se de serviços que implicam valores extra», diz. «Aqui fazemos a higienização completa da viatura», correspondente à limpeza e ao tratamento dos materiais. «Removemos tudo o que não pertence ao material», além da «descontaminação das rodas ou jantes; descontaminação da pintura e vidros - como a remoção do calcário, que se aloja ao longo do tempo».

É nesta fase que podem ser encontrados os principais protagonistas da 8Car Clean: os produtos utilizados. «Não gosto de dizer que somos melhores do que os outros, somos, isso sim, diferentes, no que respeita a equipamento e produtos especializados», assegura o responsável. E acrescenta: «Ter conhecimento dos vários materiais – que vem desde a base da formação – é o que nos faz ser diferentes, rapidamente identificamos e sabemos apresentar ao cliente aquilo que a viatura precisa. Não há uma chapa 5, cada viatura é uma viatura e procuramos sempre ver quais são os melhores produtos para determinado tipo de material».

O desafio consiste em continuar a evoluir, mas, por enquanto, são nove meses sem uma reclamação e a fidelização de vários clientes. «Apesar do último ano ser marcado pela pandemia, sempre tivemos clientes, até hoje – todo o cliente que cá vem, volta. Nós acrescentamos valor à viatura, preservamo-la. O carro é a nossa imagem de marca», conclui Helder Pinhão, lembrando o apoio que tem tido da empresas Miudo e Segmentos (nas áreas da comunicação e fiscal, respectivamente) e que a página 8CarClean no Instagram já conta com 5.067 seguidores.