Politica

Cavaco responde à comissão de inquérito do Novo Banco com citações do seu próprio livro

Ex-chefe de Estado faz questão de frisar que o Presidente da República não “exerce qualquer função” no sistema financeiro. Veja na íntegra o documento com a resposta de Cavaco Silva, a que o Nascer do Sol teve acesso.

O antigo Presidente da República Cavaco Silva já enviou as suas respostas à comissão de inquérito ao Novo Banco, tendo recorrido a várias citações do seu livro Quinta-feira e Outros Dias, no documento escrito endereçado ao presidente da comissão, Fernando Negrão.

Cavaco Silva começa por sublinhar que o Presidente da República, “nos termos da Constituição, não possui poder executivo nem exerce qualquer função no âmbito do sistema financeiro” e que “sendo um órgão unipessoal, não dispõe de serviços que lhe permitam recolher e processar informação ‘motu proprio’”.

“O que foi por mim referido sobre o assunto no exercício da minha atividade como Presidente da República e que então considerei relevante e que, passados mais de seis anos, posso transmitir a essa comissão de inquérito com o rigor que se exige a um ex-Presidente da República, consta do 2.º volume do livro Quinta-feira e Outros Dias (Porto Editora, 2018) e que seguidamente transcrevo”, escreve o ex-chefe de Estado, no documento de oito páginas o Nascer do SOL teve acesso.

"Sempre tive uma forte aversão a pedir dinheiro para campanhas eleitorais. Nunca o fiz ao longo da minha vida política. A independência do Presidente da República em relação aos partidos, um dos meus princípios políticos básicos, exige que não dependa de nenhuma força partidária para financiamento da eleição", foi outra das passagens de Quinta-feira e Outros Dias que Cavaco Silva selecionou para que constasse da sua resposta escrita à comissão parlamentar.

Leia aqui a resposta na íntegra