Sociedade

Julgamento de Ricardo Salgado adiado

O julgamento deverá iniciar-se na próxima segunda-feira, 14 de junho.


O início do julgamento do ex-banqueiro Ricardo Salgado marcado para esta segunda-feira foi adiado, confirmou o juiz do caso.

O julgamento deverá iniciar-se na próxima segunda-feira, 14 de junho, uma vez que o juiz Francisco Henriques decidiu manter as datas de 14 e 15 de junho, que correspondiam às datas já prevista para este julgamento.

Já se previa que o início do julgamento pudesse ser adiado, devido ao prazo para a defesa apresentar a contestação por parte de Ricardo Salgado, que está acusado de crimes de abuso de confiança, num processo separado da Operação Marquês.

O coletivo de juízes tinha aprovado a sua competência territorial para julgar o caso e tinha agendado audiências para esta segunda, terça-feira e para 14 e 15 de junho (já com alegações finais). Contudo, o facto de ainda não ter terminado o prazo para a defesa contestar a acusação poderá obrigar o tribunal a adiar o início do julgamento.

Visto que o prazo para apresentar ainda não terminou, "o julgamento não poderá começar sem a contestação ser apresentada" e analisada pelo tribunal. Senão "seria absolutamente inaceitável", explicam as fontes ligadas ao processo à agência Lusa.

Recorde-se que o antigo presidente do BES foi pronunciado pelo juiz de instrução da Operação Marquês, Ivo Rosa, por três crimes de abuso de confiança, em processo entrosado e também separado da Operação Marquês.