Sociedade

Retomadas buscas por mulheres desaparecidas em São Miguel

As duas ocupantes de uma viatura que foi arrastada pela água, após um período de intensa chuva no concelho da Povoação, em São Miguel, desapareceram, e as buscas foram retomadas, neste domingo, pelo terceiro dia consecutivo.


Ainda não há sinal das duas mulheres desaparecidas durante o temporal que atingiu a ilha açoriana. 54 elementos, 14 viaturas e duas embarcações foram acionadas para retomar as buscas, segundo afirmou à Lusa fonte do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores.

Desde sexta-feira que decorrem esforços por encontrar as duas mulheres, envolvendo uma corveta da Marinha, as cinco corporações dos bombeiros de São Miguel, o serviço municipal de proteção civil da Povoação, capitania do porto de Ponta Delgada, Polícia Marítima, Associação de Nadadores Salvadores da Costa Norte e PSP.

O veículo da Santa Casa da Misericórdia da Povoação, onde seguiam as duas mulheres, que estavam a fazer apoio domiciliário, terá sido arrastado na sexta-feira de manhã.

No mesmo dia em que se deu o desaparecimento, a viatura foi encontrada capotada e presa no fundo de uma ribeiro, junto à Povoação, sem sinal, no entanto, das funcionárias.

As ilhas do grupo oriental (São Miguel e Santa Maria) e do grupo central (Terceira, Faial, Pico, São Jorge e Graciosa) estão em aviso amarelo até à manhã de segunda-feira, pelo menos, e o grupo ocidental (Flores e Corvo) foi emitido também aviso amarelo, com vigor entre as 00h00 e as 18h00 de segunda-feira. Este é o terceiro mais grave numa escala de quatro, e deve-se à forte precipitação, que pode “ser acompanhada de trovoada”, conforme avisa o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).