Desporto

Que comece o campeonato!

O campeão em título Sporting CP recebeu o Vizela na sexta-feira. Hoje, o Benfica vai até Moreira de Cónegos, e o FC Porto recebe o Belenenses SAD no domingo.


Está de volta o campeonato nacional de futebol, e com ele toda a emoção do principal escalão profissional – a Primeira Liga, agora chamada Liga Bwin.

Se as hostilidades foram abertas na noite de sexta-feira, quando o Sporting CP – campeão em título – recebeu o Vizela, o fim de semana vai também ser o palco dos primeiros jogos desta temporada 2021/22, com ênfase nos confrontos entre Benfica e Moreirense, e FC Porto e Belenenses SAD.

A partir das 18h, o jogo entre ‘encarnados’ e Moreirense começa, em Moreira de Cónegos, e uma nuvem cinzenta paira sobre a memória das ‘águias’ para este jogo. Sim, a moral está em alta devido à vitória por 2-0 frente ao Spartak de Moscovo, a contar para a terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, mas Moreira de Cónegos foi o local onde o Benfica perdeu dois pontos, em fevereiro deste ano, ao empatar a uma bola com o Moreirense.

Agora, no arranque desta nova época, com certeza que nenhuma das duas equipas irá querer deixar para trás esses importantes pontos, e especialmente o Benfica, que não foi mais longe do que um terceiro lugar em 2020/21, uma marca frustrante para o regresso de Jorge Jesus aos comandos técnicos da equipa.

João Mário é a mais importante estreia na equipa, e já deu que falar no jogo frente ao Spartak, assistindo Rafa Silva para o primeiro golo da partida. Contra o Moreirense, no entanto, o ex-Sporting não vai poder jogar, devido a castigo, tal como Helton Leite. 

Ainda assim, os olhos estarão, caso seja convocado, sobre o ucraniano Roman Yaremchuk, que custou 17 milhões de euros aos cofres do Benfica, e que poderá fazer a sua estreia oficial em Moreira de Cónegos. Aliás, esta foi mesmo a convicção de Jorge Jesus que, em conferência de imprensa, explicou que «a ideia de o  [Yaremchuk] trazer para cima, para Moreira de Cónegos, foi a pensar que ele poderá ser útil amanhã [hoje] no jogo».

Também em antevisão ao jogo de hoje, João Henriques, treinador do Moreirense, augurou um «jogo do gato e do rato, sempre de forma muito competitiva». Ainda assim, o técnico não inventou, e manteve os pés assentes na terra. «Respeitamos um adversário que tem muito mais responsabilidade do que nós neste jogo. É vital no Moreirense continuar dentro do que tem feito nos últimos anos, atingir a manutenção o mais cedo possível», assegurou, antes de garantir que, apesar de o Benfica ter «treinador e jogadores mais experientes» e ser favorito, o Moreirense «quer discutir sempre os três pontos».

Fora do plantel do Moreirense estarão Rodrigo Conceição, a cumprir um jogo de castigo que ficou pendente de uma suspensão da época passada, e Pedro Amador e Jambor, por lesão. 

Já Jorge Jesus foi honesto e sucinto sobre a sua preparação para o jogo, garantindo que, depois de chegar de Moscovo, foi pouco o tempo para preparar a partida frente ao Moreirense, aproveitando-se ainda da «vantagem» de a equipa já se conhecer bem. Para o técnico ‘encarnado’, a prioridade está na segunda mão da pré-eliminatória europeia, a 10 de agosto.

Belenenses SAD no Dragão

Já no domingo, é a vez de Belenenses SAD e FC Porto se enfrentarem, marcando o primeiro jogo da temporada para as duas equipas. A partida vai decorrer no Estádio do Dragão, onde apenas 16 mil lugares poderão ser ocupados, devido às limitações impostas pelo combate à pandemia da covid-19.

Mais uma temporada com Sérgio Conceição aos comandos da equipa se avizinha (a quinta), após alguns meses de incerteza sobre se o técnico ficaria ou não na cidade do Porto. Os ‘dragões’ mantiveram a equipa praticamente intacta, relativamente à época anterior, com a importante contratação de Grujic, que chegou do Liverpool. Ainda assim, mantém-se a incerteza sobre se o internacional sérvio poderá jogar frente ao Belenenses SAD ou não, devido a um edema num tendão da coxa esquerda, que o jogador contraiu na partida frente ao Lyon. Também na dúvida está Uribe. Os ‘dragões’, por outro lado, não vão poder contar com o internacional maliano Moussa Marega, uma baixa de peso, já que o mesmo rumou para o Al-Hilal da Arábia Saudita.  Novidades no plantel são, ainda assim, o brasileiro Pepê, chegado do Grêmio, e Fábio Cardoso, formado no Benfica, que chega do Santa Clara.