Politica

PSD vai votar contra o Orçamento do Estado

Partido acredita que proposta não "priveligia aquilo que é importante".


O presidente dos sociais-democratas anunciou esta sexta-feira que o partido vai votar contra o Orçamento do Estado para 2022.

Em conferência de imprensa, depois de se ter reunido com o Presidente da República, Rui Rio disse que, após o Conselho Nacional do PSD; o partilho tinha decidido que votaria contra.

"Por diversas razões, mas, de forma geral, podemos dizer que é um Orçamento que segue uma continuidade", começou por justificar Rio, acrescentando para, para o PSD, este é um "Orçamento que não tm uma estratégia de longo prazo, como nenhum outro Orçamento para trás teve estratégias de longo prazo, na exata medida em que o Partido Socialista ora negoceia com o Bloco de Esquerda, ora só com o PCP".

De acordo com o líder do partido, a versão preliminar do Orçamento "não priveligia aquilo que é importamente, que é, justamente, o apoio ao tecido produtivo, o apoio às empresas que é para haver mais emprego e melhores empregos".

Rio sublinha que a proposta orçamental "tem lá algum dinheiro mas é o do PRR, porque o dinheiro do Orçamento propriamente dito para as empresas é uma coisa muito escassa, na ordem dos 160 a 170 milhões", considerando que esse valor não faz "diferença rigorosamente nenhuma".

O PSD segue agora o CDS-PP e a Iniciativa Liberal, que já avançaram que votariam contra o Orçamento do Estado para 2022.

Notícia atualizada pelas 15 horas.

Os comentários estão desactivados.