Desporto

Sábado de emoções na Premier League

O próximo sábado conta sete jogos da Premier League, começando com a visita do Arsenal ao Leicester, e com ponto alto a meio da tarde, no Tottenham-Manchester United.


Preparem as pipocas, as mantas e os cachecóis. O próximo sábado é de emoções para os adeptos do futebol, e principalmente para os seguidores ávidos da principal liga inglesa. Em terras de Sua Majestade, o que não faltará são confrontos, golos e duelos interessantes.

O dia começa cedo, às 12h30, com a visita do Arsenal de Mikel Arteta, onde jogam os portugueses Cédric Soares e Nuno Tavares, ao King Power Stadium, casa do Leicester City, onde joga o internacional português Ricardo Pereira.

O duelo não é um dos mais importantes do dia só por envolver duas das principais equipas da Premier League, mas também pelo facto de, na tabela classificativa, estarem ambas empatadas a 14 pontos, contando precisamente o mesmo número de vitórias (4), empates (2) e derrotas (3), até agora, na principal liga inglesa de futebol. Assim sendo, está na mira dos foxes e dos gunners um só desfecho: a vitória. Um empate deixará tudo em ‘águas de bacalhau’, e uma derrota fará o perdedor ficar órfão de três fulcrais pontos numa época que avança para a sua 10.ª jornada.

Para sábado, tudo está em aberto, tal é a semelhança no histórico das duas equipas na Premier League, quando se olha para os últimos cinco jogos na competição. A única ‘mancha’ prende-se com a derrota dos foxes, em Brighton, por 2-1, quando ainda o mês de setembro não tinha acabado. De resto, nem Leicester City nem Arsenal sabem o que é perder nos últimos quatro jogos da liga.

Duelo aceso O ponto alto do dia chega às 17h30, quando o Tottenham Hotspur, equipa treinada pelo português Nuno Espírito Santo, receberá, em Londres, o Manchester United, emblema representado pelos portugueses Dalot, Bruno Fernandes e Cristiano Ronaldo.

A vida não tem sido fácil para os red devils, que sofreram, na passada jornada da Premier League, uma das mais pesadas derrotas da sua carreira, e, literalmente, a pior da carreira de Cristiano Ronaldo. O Liverpool viajou até Old Trafford e venceu os históricos rivais, por 5-0.

Agora, os red devils têm a oportunidade de ultrapassar os spurs (apenas um ponto os separa) e de se redimirem, e o técnico Ole Gunnar Solskjaer tem de provar, a começar já na viagem até Londres, que tem o que é preciso para evitar a demissão do lugar em Manchester.

Os spurs, por sua vez, não mostram sinais de querer facilitar a vida aos visitantes, mas a realidade é que a última jornada foi também de derrota, frente ao West Ham (1-0).

Interessante, ainda no sábado, será o duelo entre Newcastle e o líder Chelsea de Thomas Tuchel, bem como a receção ao Brighton em Anfield Road, por parte do Liverpool.