Desporto

Toni Kroos bebia tequila para celebrar as vitórias ou para "afogar as mágoas"

A antiga estrela do Bayern de Munique admitiu, no seu podcast, que gostava de beber tequila sempre que conquistava um título... ou quando queria esquecer uma derrota, principalmente a da final na Liga dos Campeões em 2012.


Toni Kroos, médio do Real Madrid, tem exposto o seu lado mais pessoal no podcast 'Einfach mal Luppen', que partilha com o irmão Felix Kroos, e falou sobre a sua relação com o álcool e diversos pormenores sobre a sua carreira. A antiga estrela do Bayern de Munique admitiu que gostava de beber tequila sempre que conquistava um título... ou quando queria esquecer uma derrota, principalmente a da final na Liga dos Campeões em 2012."Depois dessa final, recordo-me de estar a beber para afogar as mágoas. Estivemos perto de precisar de um médico. Não havia outra maneira de aliviar a dor", confessou Kroos, citado pelo AS, continuando a contar mais detalhes sobre a sua carreira, desta vez sobre a conquista do Mundial'2014, onde conheceu a antiga chanceler alemã, Angela Markel, nos balneários. 

"Foi agradável. Falámos um pouco de Meclemburgo-Pomerânia Ocidental (a região onde Kroos nasceu)", disse o craque, ao explicar que foi nessa noite a última vez que bebeu tequila. 

"Bebi uns copos de tequila porque era a única bebida que me caía bem. No dia seguinte não me sentia bem e foi aí que deixei de beber álcool. Não faz bem a ninguém. Não consigo olhar mais para a tequila. Deixei por completo. Não me custou e nem sinto falta", sublinhou. 

 

 

Os comentários estão desactivados.