Sociedade

Quase 22 mil ofertas de trabalho para refugiados em Portugal

Com um salário médio de 883 euros.


O IEFP tem identificadas perto de 22 mil ofertas de emprego destinadas a ucranianos que pretendam residir em Portugal, no âmbito da iniciativa Portugal for Ukraine, que passou também por um apelo aos empregadores nacionais. A lista publicada no site do IEFP mostra um total de 21 926 ofertas de emprego de Norte a Sul do país, com um salário médio de 883 euros.

Na lista é possível encontrar alguns locais com oferta de alojamento, de postos de trabalho para carpinteiros em Águeda a cozinheiros e a trabalhos no ramo da hotelaria no concelho de Lagoa, no Algarve. Os empregadores não são tornados públicos. Os salários mais elevados são na área da programação informática. 

A demora na emissão de certificados de concessão de autorização de residência tem estado a dificultar a integração e eventuais candidaturas. A plataforma criada pelo SEF para facilitar o processo recebeu 27 mil pedidos, mas até ao momento foram apenas emitidos 8500 certificados de autorização de residência ao abrigo de proteção temporária.

Os comentários estão desactivados.