Sociedade

Francisca Van Dunem reforma-se com 6.750 euros mensais

Dois antigos ministros, de dois governos diferentes, passam para a situação de reformados a partir do próximo mês de maio.

Francisca Van Dunem reforma-se com 6.750 euros mensais

Os dados publicados em Diário da República, esta quarta-feira, pela Caixa Geral de Aposentações (CGA) dão conta de que a ex-ministra da Justiça, e mais recentemente e de forma cumulativa, da Administração Interna do anterior Governo de António Costa vai receber uma pensão de 6.750 euros por mês, aposentando-se como juíza conselheira, embora nunca tenha exercido a função no Supremo Tribunal de Justiça.

Outra das aposentações de antigos governantes diz respeito a Nuno Crato, ministro da Educação do governo de Passos Coelho, que passa à condição de reformado como professor catedrático do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) com uma reforma de 4.472 euros por mês.

Mas nem só os antigos ministros são nomes conhecidos da lista de aposentados a partir de maio, a procuradora Cândida Vilar também entra na reforma, sendo-lhe atribuídos 5.831 euros/mês, e o mesmo se passa com Luísa Madeira Mendes, consultora principal da Autoridade Nacional de Comunicações (ICP), cuja reforma será de 7.233 €/mês.

Consulte a lista de aposentados a partir do mes de maio que consta em Diário da República

 

Os comentários estão desactivados.