Politica

Falcon fez 71 viagens desde abril de 2021

Marcelo Rebelo de Sousa requisitou o Falcon da FAP em 30 ocasiões.


Entre abril de 2021 e abril de 2022, os Falcon 50 da Força Aérea Portuguesa realizaram 71 viagens ao serviço do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e de membros do Governo cessante – primeiro-ministro, António Costa, e ministros dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, e da Defesa Nacional, João Cravinho.

Neste último ano, Marcelo Rebelo de Sousa requisitou o Falcon da FAP em 30 ocasiões (quase metade do total), a maioria das quais para viagens dentro do território português. Aquele mesmo aparelho da FAP_(são três ao serviço do Estado português) foi utilizado pelo Governo (PM, MNE e MDN) 41 vezes no mesmo período temporal.

O custo da viagem de Falcon para o Presidente da República ou para os membros do Governo é de 3663 euros por hora. Mas o avião pode também ser alugado por entidades ou personalidades privadas, caso a Força Aérea tenha aeronaves disponíveis para o efeito – quando assim é, o custo da hora de voo sobe para 7287 euros.

Os comentários estão desactivados.