Sociedade

Morreu o cardeal que revelou ao mundo a terceira parte do Segredo de Fátima

Angelo Sodano tinha 94 anos.


O cardeal italiano Angelo Sodano, secretário de Estado emérito do Vaticano e decano emérito do Colégio dos Cardeis, morreu, na sexta-feira, em Roma, aos 94 anos, vítima de complicações relacionadas com a covid-19. 

Angelo Sodano revelou a 13 de maio de 2000 a terceira parte do Segredo de Fátima, a pedido de João Paulo II.

"O desaparecimento do Cardeal Angelo Sodano elevou na minha alma sentimentos de gratidão ao Senhor pelo dom deste estimado homem da Igreja, que viveu o seu sacerdócio com generosidade, primeiro na diocese Asti e depois, pela mais longa existência do seu serviço na Igreja da Santa Sé", escreveu o Papa Francisco numa nota divulgada pelo Vaticano.

O cardeal, ordenado sacerdote em 1950, foi secretário de Estado de João Paulo II e de Bento XVI, entre 1991 e 2006, quando pediu renúncia.

Os comentários estão desactivados.