Economia

Diretor de operações da EasyJet demite-se no meio de vaga de cancelamentos

Demissão acontece numa altura difícil para a companhia low cost, mas também para todo o setor da aviação, em plena vaga de cancelamentos de voos.


O diretor de operações da EasyJet, Peter Bellew, demitiu-se do cargo para procurar "outras oportunidades de negócio", segundo um comunicado da companhia, divulgado esta segunda-feira.

Sublinhe-se que a saída de Peter Bellew acontece numa altura problemática para o setor da aviação no geral, em plena vaga de cancelamentos, e para a companhia low cost em particular, pois está a braços com vários conflitos laborais.

No entanto, a Easyjet foi rápida a reagir à saída de Bellew e já anunciou o seu substituto, David Morgan, funcionário da empresa desde 2016, foi nomeado chefe de operações interino.

Em comunicado, o presidente executivo da companhia aérea Johan Lundgren, agradeceu o "trabalho duro" de Peter Bellew e desejou-lhe "o melhor" para o futuro. "Todos na easyJet continuamos absolutamente centrados em levar a cabo uma operação segura e de confiança neste verão", afirmou Lundgren, num momento em que a companhia aérea enfrenta uma pressão crescente para reduzir as atuais alterações no calendário de voos.

Os comentários estão desactivados.