Sociedade

Ensino Superior. Vagas podem ser aumentadas

Segundo o despacho publicado em Diário da República, a medida, descrita como extraordinária, procura responder ao “aumento considerável de candidatos” e aos objetivos de qualificação.


Despacho

As instituições de Ensino Superior vão poder aumentar o número de vagas no concurso nacional de acesso dado o elevado número de candidatos na primeira fase. Inscreveram-se mais de 61 mil alunos. 

Segundo o despacho publicado em Diário da República, a medida, descrita como extraordinária, procura responder ao “aumento considerável de candidatos” e aos objetivos de qualificação.

Quase 8 mil de fora

Com mais de 61 mil alunos inscritos na 1.ª fase, as universidades e politécnicos públicos abriram 53.560 vagas, o que significa que há mais 7.913 candidaturas do que lugares nas instituições.

Agora, todas as instituições de ensino superior públicas vão poder aumentar em até 5% o número de vagas fixadas para o concurso nacional de acesso ao ensino superior para o ano letivo 2022-2023.

Áreas beneficiadas

Por áreas de formação, a medida beneficia também os cursos de ciências e tecnologias do espaço e engenharia aeroespacial, em competências digitais ou em ciências de dados e sistemas avançados de informação e em educação básica. O despacho prevê ainda que o setor privado possa aumentar o número de lugares.

Os comentários estão desactivados.