Sociedade

INEM leva grávida para hospital sem vagas

Mulher foi posteriormente transportada para outra unidade hospitalar, onde deu à luz. 


Uma grávida de 32 anos foi transportada pelo INEM na passada sexta-feira para o Hospital de Santa Maria, sendo que o bloco de partos não tinha vagas, ou seja, o serviço estava encerrado. 

Segundo a CNN, a mulher, cuja gravidez foi seguida no Hospital de Santa Maria, acabou por ser transferida para o Hospital Amadora Sintra, onde deu à luz. 

O Hospital de Santa Maria veio já garantir que avisou o Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) das limitações no atendimento de grávidas na sexta-feira e que, apesar da situação, as equipas mantiveram "a devida vigilância do feto e da grávida" até esta ser transportada para outra unidade hospitalar.

Por outro lado, o INEM afirma que o CODU tentou contactar o Hospital de Santa Maria "para confirmar a disponibilidade para receber uma grávida", não adiantando, contudo, qual foi a resposta e referindo apenas que confirmou no local "que o Hospital de Santa Maria não tinha capacidade para, no momento, receber a utente".

"De imediato, o CODU deu indicações à equipa para efetuar o transporte para o Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca", conhecido vulgarmente com Hospital Amadora Sintra. 

 

Os comentários estão desactivados.