Cultura

Fãs de Guerra dos Tronos querem boicotar novo livro de George RR Martin devido a acusações de racismo

Os co-autores de  ‘The Rise of the Dragon ' desencadearam críticas por alguns comentários anteriores considerados racistas.


A publicação de 'The Rise of the Dragon', que será lançada em inglês no dia 25 de outubro, chegará já cercada de polémica. Embora seja uma das sagas de maior sucesso, o novo livro de George RR Martin já está a ser rejeitado por alguns fãs.

Porquê? Pois os seus co-autores, Elio M. García Jr. e Linda Antonsson foram acusados de fazer comentários racistas no passado sobre alguns membros do elenco de A Guerra dos Tronos e 'House of the Dragon'.

George RR Martin anunciou a pré-venda do livro na sua conta do Twitter no dia 26 de setembro. Segundo a revista Variety, foi aí que os seguidores começaram a lembrar-se dos comentários do casal,  pedindo-lhe para se dissociar deles e garantindo que não comprariam o livro. 

As atitudes racistas relatadas referem-se às publicações no blog de Antonsson há uma década, onde esta condenava a escolha de atores negros para interpretar personagens brancos em ‘Game of Thrones’.

Por sua vez, a autora defende-se dizendo que a incomoda ser "rotulada como racista, quando o seu foco tem sido apenas a construção do mundo". Embora afirme não ter nenhum problema com um “elenco inclusivo”, a co-autora acredita que "a diversidade não deve prevalecer sobre a história" .


 

Os comentários estão desactivados.