Vida

"Sou gay". Publicação no Twitter de Casillas gera polémica

“É hora de contar nossa história, Iker”, reagiu Carlos Puyol.


“Espero que me respeitem: sou gay. Feliz domingo”, lia-se num tweet de Iker Casillas que apanhou todos de surpresa este domingo.

A publicação mereceu vários likes, partilhas e reações, uma delas do ex-jogador Carlos Puyol, que escreveu: “É hora de contar nossa história, Iker”.

Horas mais tarde, a publicação foi apagada e Casillas explicou: “Conta ‘hackeada’. Por sorte tudo em ordem. Peço desculpa a todos os meus seguidores. E, claro, peço mais desculpas à comunidade LGBT”, escreveu.

Carlos Puyol também veio pedir desculpa pela brincadeira, entretanto muito criticada. "Cometi um erro. Peço desculpa pela piada sem graça, que não tinha más intenções, mas que foi totalmente sem sentido. Entendo que possa ter ferido suscetibilidades. Todo o meu respeito e apoio à comunidade LGTBIQA+", escreveu o antigo jogador no Twitter.

No entanto, a justificação pareceu não ser suficiente e a polémica nas redes sociais continuou. Josh Cavallo, um dos primeiros futebolistas a assumir-se homossexual, que considerou a troca de mensagens “mais do que desrespeitadora”.

Os comentários estão desactivados.