Sociedade

Chuva e agitação marítima levam IPMA a colocar dezenas de distritos sob aviso amarelo

Agravamento das condições meteorológicas deverá ocorrer entre a madrugada de hoje e sexta-feira. 


A Autoridade Marítima Nacional (AMN) desaconselhou esta terça-feira as atividades marítimas à beira-mar, nomeadamente em molhes, arribas e praias, devido ao "agravamento considerável" das condições meteorológicas e da agitação marítima entre a próxima madrugada e a de sexta-feira. 

Em comunicado, a autoridade explica que está prevista para esse período agitação marítima com uma ondulação do quadrante Oeste, "com uma altura significativa que poderá atingir os 07 metros e uma altura máxima de 13 metros, com um período médio a variar entre os 11 e os 13 segundos", assim como ventos do quadrante sudoeste com uma intensidade média de até 84 quilómetros por hora (km/h) e rajadas até 152km/h.

Devido à ondulação, a Marinha desaconselhou quaisquer passeios junto ao mar ou em zonas expostas à agitação marítima e a prática de atividades de pesca lúdica, "em especial junto às falésias e zonas de arriba frequentemente atingidas pela rebentação das ondas, tendo sempre presente que nestas condições o mar pode facilmente alcançar zonas aparentemente seguras".

À comunidade marítima, é recomendado o reforço da amarração e "uma vigilância apertada das embarcações atracadas e fundeadas".

Segundo as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), os distritos de Viseu, Porto, Viana do Castelo, Leiria, Aveiro, Coimbra e Braga vão estar entre as 03h00 e as 15h00 de quarta-feira sob aviso amarelo devido à previsão de chuva por vezes forte, com possibilidade de trovoada, sendo que os distritos do Porto, Faro, Setúbal, Viana do Castelo, Lisboa, Leiria, Beja, Aveiro, Coimbra e Braga estão também sob aviso amarelo devido à previsão de agitação marítima entre as 03h00 de quinta-feira e as 03h00 de sexta-feira.

 

Os comentários estão desactivados.