Politica

Cotrim Figueiredo deixa liderança da Iniciativa Liberal

“O partido precisa de uma atitude mais combativa, mais popular e mais abrangente a nível nacional” e Cotrim Figueiredo entende “não ser a pessoa indicada para protagonizar essa mudança”.


O atual presidente da Iniciativa Liberal, João Cotrim Figueiredo, anunciou que não será candidato à liderança do partido na próxima convenção, marcada para dezembro.

Cotrim Figueiredo justificou a sua decisão, no Twitter, defendendo que “a estratégia para que o partido continue a crescer deve ser diferente daquela que o fez crescer de forma significativa até agora“.

Assim, Comissão Executiva da Iniciativa Liberal, informou através de um comunicado, que solicitou ao Conselho Nacional que marque “eleições para a Comissão Executiva na próxima Convenção Nacional, com o objetivo de se proceder ao alinhamento dos mandatos de todos os órgãos estatutários, contribuindo assim para a eficácia da ação política do partido e para a renovação da moção de estratégia global face ao quadro político saído das últimas eleições legislativas".

Para o líder da Iniciativa Liberal, que conseguiu 4,98% dos votos nas últimas legislativas,  “o partido precisa de uma atitude mais combativa, mais popular e mais abrangente a nível nacional” e Cotrim Figueiredo entende “não ser a pessoa indicada para protagonizar essa mudança”.

“Uma nova liderança dará uma nova energia ao partido e deve estar em funções com suficiente antecedência em relação aos atos eleitorais que terão lugar já a partir do segundo semestre de 2023”, defendeu o deputado liberal no comunicado.

“Foi uma decisão difícil, pessoal e politicamente, mas é baseada numa análise política objetiva e pretende ser um exemplo da minha convicção de que as ideias liberais falam sempre mais alto do que qualquer  protagonista que, num dado momento, possa ter sido chamado a dar-lhes voz”, acrescentou, agradecendo o apoio dos militantes e dos membros do partido, em especial à equipa que o acompanhou mais de perto.

Cotrim Figueiredo aproveitou ainda para mostrar a sua disponibilidade para ajudar o partido “naquilo que a nova liderança entenda ser útil”.

 

Os comentários estão desactivados.