Vida

A parte do corpo que a Rainha Isabel II não queria que fosse fotografada

Revelações foram feitas por fotógrafo encarregue de capturar os retratos da monarca no âmbito do jubileu de platina. 


Com 70 anos de reinado, Isabel II foi uma das mulheres mais fotografadas do mundo. E, apesar de parecer sempre tão à vontade, havia um cuidado especial que quem fosse eternizar a sua memória tinha de ter. 

A revelação foi feita pelo fotógrafo Rankin, responsável pelos retratos da monarca, no âmbito da celebração do jubileu de platina, que se assinalou este ano. 

Em entrevista a um podcast, o fotógrafo admitiu que a rainha preferia não mostrar as suas mãos. A descoberta foi feita depois de um pedido para a fotografar numa atividade um pouco diferente do habitual. 

"Eu disse, 'gostaria mesmo a de fotografar a segurar uma espada'. E ela disse, 'não gosto das minhas mãos'. Pensei que era a melhor 'desculpa' para não segurar uma espada. Provavelmente não deveria estar a dizer isto", admitiu Rankin. 

O fotógrafo disse ainda que a rainha "foi muito divertida desde o momento em que entrou" para ser fotografada por ele. 

Recorde-se que Isabel II morreu a 8 de setembro deste ano, aos 96 anos. 

 

Os comentários estão desactivados.