Politica

Ministério Público abre inquérito a indemnização da TAP a Alexandra Reis

A Secretária de Estado do Tesouro demitiu-se 25 dias depois de tomar posse e quatro dias depois da polémica por causa da indemnização de 500 mil euros paga pela TAP para deixar administração da empresa.

Ministério Público abre inquérito a indemnização da TAP a Alexandra Reis

A Procuradoria-Geral da República (PGR) abriu um inquérito ao caso da TAP relacionado com a indemnização de Alexandra Reis da empresa e que levou a várias demissões no Governo, revelou esta segunda-feira a PGR.

Em resposta à agência Lusa, fonte oficial da PGR adiantou ainda que a investigação está entregue ao Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa, encontrando-se sujeita a segredo de justiça.

A Secretária de Estado do Tesouro demitiu-se 25 dias depois de tomar posse e quatro dias depois da polémica por causa da indemnização de 500 mil euros paga pela TAP para deixar administração da empresa.

Contactado pelo Nascer do Sol, o Ministério Público confirma apenas a instauração de inquérito e acrescenta que o mesmo se encontra sujeito a segredo de justiça.

Os comentários estão desactivados.