Internacional

Guterres "condena" ataque russo a prédio em Dnipro

“Um ataque atingiu um prédio residencial em Dnipro na noite de sábado, num dos ataques mais mortíferos na Ucrânia desde o início da invasão russa", disse Stephanie Tremblay, representante do secretário-geral nas Nações Unidas, em declarações aos jornalistas.  

Guterres "condena" ataque russo a prédio em Dnipro

António Guterres "condenou", esta segunda-feira, o ataque das tropas russas a um prédio residencial em Dnipro, na Ucrânia. 

“Um ataque atingiu um prédio residencial em Dnipro na noite de sábado, num dos ataques mais mortíferos na Ucrânia desde o início da invasão russa", disse Stephanie Tremblay, representante do secretário-geral nas Nações Unidas, em declarações aos jornalistas.  

"O secretário-geral condenou este ataque, dizendo que este foi mais um exemplo de suspeita de violação das leis de guerra", acrescentou. 

Na sequência do ataque, Denise Brown, coordenadora humanitária da ONU na Ucrânia, solicitou "uma verdadeira investigação por suspeita de crimes de guerra e o julgamento dos suspeitos", diz a mesma fonte. 

O ataque terá feito 40 mortos, incluindo três crianças, e pelo menos 75 feridos.  

“Espera-se que esses números aumentem à medida que as operações de socorro continuam", observou. 

Os comentários estão desactivados.