layoff

Governo aprova layoff com salários pagos a 100%. Há exceções

Redação