Cristas cautelosa quanto ao aumento do IAS

Declarações da  líder do CDS, após um encontro com o primeiro-ministro, no âmbito do processo de consultas antes da cimeira informal de Bratislava, na Eslováquia, que se realiza na sexta-feira.

Cristas cautelosa quanto ao aumento do IAS

Assunção Cristas afirmou, esta terça-feira, que esta não é a melhor altura para ter uma política “generosa”, mostrando-se cautelosa quanto ao aumento do Indexante de Apoios Sociais.

“Não nos parece que seja o contexto ideal para termos uma política mais generosa, que todos nós gostaríamos de ter”, afirmou a líder do CDS, após um encontro com o primeiro-ministro, no âmbito do processo de consultas antes da cimeira informal de Bratislava, na Eslováquia, que se realiza na sexta-feira.

A líder centrista referiu que o crescimento tem sido “anémico” e que as prestações têm diminuído e, tendo em conta esta conjuntura, é “preciso atuar com cautela”.

“Quando vemos ao mesmo tempo estas medidas, que todos nós gostaríamos de tomar, conjugadas com o aumento da dívida pública, há alguma coisa na despesa que não está a bater certo”, defendeu Cristas.

No que toca à Europa, a presidente do CDS afirmou que seria bom para Portugal relacionar-se com outros países do sul da Europa, mas realçou que o país deve olhar para a sua vocação atlântica. “O contexto geográfico dentro da União Europeia deve ser valorizado”, acrescentou.