Internacional

Israel quebra cessar-fogo e mata líder jihadista

Após o Governo de Netanyahu ter anunciado para esta segunda-feira um cessar-fogo de sete horas na sua ofensiva na Faixa de Gaza, as tropas israelitas lançaram um ataque aéreo no nordeste daquela região. Uma pessoa morreu e outras 20 encontram-se desaparecidas, informa a Cruz Vermelha.

O cessar-fogo deveria vigorar entre as 10h e as 17h (8h e 15h em Portugal continental), mas o exército israelita já tinha avisado que os seus soldados iriam “responder a quaisquer disparos” que pudessem ocorrer. Os militares advertiram também para o facto das operações terrestres na zona leste de Rafah continuarem.

O alvo dos dois mísseis israelitas disparados esta manhã foi uma casa de praia, nas redondezas da Cidade de Gaza. Segundo fonte de um grupo jihadista – um forte aliado do Hamas – a vítima morta foi um dos seus líderes, Daniel Mansour.

Mais de 1800 palestinianos foram mortos ao longo das quatro semanas de conflito em Gaza. Do lado de Israel contam-se 60 vítimas mortais.