Politica

Socialista Henrique Neto candidata-se à Presidência da República

O socialista Henrique Neto vai avançar com uma candidatura à Presidência da República. A apresentação será esta quarta-feira, às 16h00, no Padrão dos Descobrimentos.


O convite para o lançamento da candidatura enviado às redacções não menciona o nome de Henrique Neto, mas segundo avançam alguns órgãos de comunicação social será o empresário o primeiro candidato a Belém. O convite com o título em maiúsculas “Vai acontecer” anuncia que “o candidato é um cidadão que, na sua vida profissional, se destacou pela sua competência e capacidade de concretização, tendo levado o nome de Portugal a níveis de referência mundiais”.

E, ainda, “com provas dadas ao longo da sua vida, com um trajecto de posições políticas frontais e claras, há muito que defende a necessidade de introduzir profundas alterações no sistema político, de modo a fazer dele uma referência de cidadania lúcida, exigente e activa”.

Henrique Neto, 78 anos, é um “self made man”: de aprendiz a operário tornou-se um industrial, em 1975, fundando a Iberomoldes, que se tornou uma das maiores empresas mundiais do sector. Lutou contra o antigo regime e foi deputado pelo PS entre 1995 e 1999, com Jorge Sampaio como secretário-geral. Foi uma das poucas vozes críticas durante a liderança de José Sócrates a quem chegou a classificar de “vendedor de automóveis” e “aldrabão”. Numa entrevista ao jornal i, disse mesmo que não ficou surpreendido com a detenção do ex-primeiro-ministro porque “os indícios eram mais que muitos”.

O desafio aos partidos é claro: “As próximas eleições presidenciais não estão condenadas a ser um simples complemento das legislativas, nem a Presidência da República está condenada a ser uma mera extensão da representação partidária”. Além disso, refere que as eleições presidenciais “podem ser decisivas para reformar o sistema político, revitalizar o quadro de valores e concretizar as mais fundas expectativas, dando de novo aos portugueses confiança e esperança no futuro”.

sonia.cerdeira@sol.pt

Os comentários estão desactivados.