Economia

Greve: TAP deverá apresentar plano para melhorar situação financeira

O secretário de Estado dos Transportes reconheceu hoje que a situação financeira da TAP ficou mais frágil depois da greve dos pilotos e anunciou que a empresa irá apresentar na próxima semana um plano para melhorar essa situação.


"A situação financeira da TAP ficou mais frágil depois desta greve de 10 dias, por isso pedimos à empresa que fizesse uma análise da situação e apresentasse propostas para mitigar esta fragilidade", disse hoje o secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, em conferência de imprensa no Ministério da Economia.

Segundo o governante, estas propostas para melhorar a situação financeira da TAP podem ser no âmbito de uma política comercial mais forte ou da redução de custos.

"Esperamos a apresentação do plano na próxima semana", acrescentou Sérgio Monteiro.

Os pilotos da TAP e da Portugália cumpriram 10 dias de greve (entre o 1.º de Maio e o passado domingo) por considerarem que o Governo não está a cumprir o acordo assinado em Dezembro de 2014, nem um outro estabelecido em 1999, que lhes dava direito a uma participação de até 20% no capital da empresa no âmbito da privatização.

Segundo o SPAC, "em média" ao longo dos dez dias de paralisação foram cancelados 50% dos voos "originalmente planeados". Já a transportadora aérea portuguesa alega que, durante os dez dias de greve, realizou, em média, 70% dos voos diários.

Lusa/SOL

Os comentários estão desactivados.