Politica

Morreu Mário Machado, antigo presidente da Câmara de Ponta Delgada

Morreu no domingo, aos 61 anos, o homem que António Guterres convidou para ser candidato independente pelo PS às eleições regionais de 1992.

DR  

Mário Machado, que foi presidente da Câmara de Ponta Delgada entre 1980 e 1992, morreu ontem, “de doença prolongada”, como noticia o Açoriano Oriental. Era economista e foi gestor de várias empresas nos Açores e no continente.

Em 1992, o então líder do PS António Guterres convidou Mário Machado para ser candidato independente apoiado pelo PS (e também pelo CDS) às eleições regionais desse ano. Machado, que era um presidente da câmara muito popular, foi a aposta dos socialistas açorianos em detrimento do seu próprio líder da altura, José António Martins Goulart. A candidatura não teve sucesso e João Bosco Mota Amaral renovou a sua maioria absoluta.

Carlos César, actual líder parlamentar do PS, que sucedeu a Martins Goulart na liderança do PS-Açores, escreveu na sua página do facebook: “A notícia surpreendeu-me em Lisboa. Morreu o Mário Machado, que foi presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada e deputado no parlamento açoriano. Foi meu companheiro de infância, meu amigo de adolescência e correligionário voluntarioso de muitas iniciativas cívicas e políticas. Guardarei muitas memórias comuns em que não faltarão as lembranças do seu sentido solidário e de humor. Um abraço para os seus familiares”. 

 

 

A notícia surpreendeu-me em Lisboa. Morreu o Mário Machado, que foi presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada e...

Posted by Carlos César on Sunday, March 13, 2016