Sociedade

Aveiro. Homem suspeito de violar duas crianças sai em liberdade

Crimes duraram um ano. Suspeito está apenas proibido de contactar com as vítimas e obrigado a apresentações trissemanais

A Polícia Judiciária deteve hoje em Aveiro um operário fabril que terá abusado sexualmente de duas crianças, neta e filha da companheira. Segundo a investigação, as vítimas de 11 e 12 anos terão sido alvo abusos durante o último ano.

Após ter sido presente a tribunal, o homem de 40 anos saiu em liberdade - proibido apenas de contactar com as menores e obrigado a apresentar-se três vezes por semana na esquadra da sua residência.

Num comunicado enviado às redações, o Departamento de Investigação Criminal de Aveiro da PJ esclarece que alegados crimes, cometidos em Vagos, só agora foram “conhecidos e denunciados pelo estabelecimento de ensino que as vítimas frequentam”.

“O arguido aproveitava o recato da casa onde habitavam e valia-se da sua ascendência sobre as menores, não o coibindo, em algumas ocasiões, a presença em casa de outros membros do agregado familiar”, afirma a Polícia Judiciária.