INE

PIB cresceu 2% no último trimestre de 2016

O Produto Interno Bruto (PIB) de Portugal cresceu 2% no último trimestre de 2016. No conjunto do ano passado o crescimento da economia foi de 1,4%.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) reviu em alta a estimativa provisória do produto dos últimos três meses do ano passado - 1,9% divulgada em fevereiro –, um valor que não alterou o conjunto do ano, que se manteve em 1,4%. Em 2015 o crescimento da economia foi de 1,6%.

Segundo o gabinete oficial de estatísticas, em 2016, o PIB “atingiu cerca de 185 mil milhões de euros em termos nominais, tendo registado um aumento de 1,4% em volume, menos 0,2 pontos percentuais (p.p.) que o verificado no ano anterior”.

De acordo com o INE, “o contributo da procura interna para a variação do PIB diminuiu, situando-se em 1,5 p.p. em 2016 (2,6 p.p. em 2015), refletindo, principalmente, a redução do Investimento e, em menor grau, o ligeiro abrandamento do consumo privado”.

Em relação ao quarto trimestre “o PIB registou, em termos homólogos, um aumento de 2% em volume (variação de 1,7% no trimestre anterior), tendo sido revisto em alta em 0,1 p.p. face à Estimativa Rápida”.

O instituto revela que a “aceleração do PIB resultou do maior contributo da procura interna, que passou de 1,1 p.p. no 3º trimestre para 2,5 p.p., observando-se uma recuperação do Investimento e um crescimento mais intenso do consumo privado”.