Politica

António Costa garante que incêndio está associado a ‘fenómeno meteorológico de trovoadas secas’

O primeiro-ministro referiu ainda que “possam voltar a ocorrer novas trovoadas secas” ao longo do dia de hoje

António Costa afirmou no final de uma reunião na Autoridade Nacional de Proteção Civil, em Oeiras, que o incêndio que matou, até ao momento 25 pessoas em Pedrogão Grande, que “esteve associado seguramente a um fenómeno meteorológico de trovoadas secas”.

Este fenómeno ocorreu a partir das 14h00 até ao fim da tarde de ontem entre Coimbra e o norte do Alentejo.

De acordo com as mesmas declarações, o primeiro-ministro referiu ainda que “possam voltar a ocorrer novas trovoadas secas” ao longo do dia de hoje.

"É provável que, nas mesmas regiões e no mesmo período horário, possamos ter um fenómeno idêntico", advertiu, pedindo "cuidados redobrados relativamente a todos aqueles comportamentos de risco de incêndio", disse.