Politica

Marco António Costa defende Cavaco Silva

Vice-presidente do PSD  diz que esquerda quer “silenciar” o ex-Presidente da República 

O social-democrata Marco António Costa defende Cavaco Silva e considera que a reacção do PS, Bloco de Esquerda e PCP à intervenção do ex-presidente, na Universidade de Verão do PSD, “foi uma violenta, inapropriada e inaceitável tentativa de silenciar um ex-presidente da República que com toda a legitimidade tem o mesmo direito dos seus antecessores em assumir as posições públicas que bem entenda “.

O vice-presidente do PSD considera que os ex-presidentes Ramalho Eanes, Mário Soares e Jorge Sampaio “sempre formularam críticas e emitiram opiniões políticas que muitas das vezes visaram governos ou agentes políticos”, mas “tal circunstância não gerava reacções do nível das que assistimos, protagonizadas pelo PS, PCP e BE”.

Num texto publicado hoje na sua página do facebook, Marco António escreve que Cavaco Silva “foi certeiro no que disse” e “só isso justifica tais reacções”. O dirigente do PSD espera que o ex-Presidente da República possa “continuar a pontuar a vida pública com a sua opinião sobre os temas que considere merecer a sua intervenção”.