Sociedade

Marcação da greve de enfermeiros considerada irregular pelo Governo

A Secretaria de Estado do Emprego diz que o pré-aviso não respeitou os 10 diz úteis como manda a lei

A marcação da greve dos enfermeiros, que estava agendada para a próxima semana, foi considerada irregular pela Secretaria de Estado do Emprego, por o pré-aviso enviado ao Ministério não cumprir um prazo de 10 dias úteis, como determina a lei.

O ofício da secretaria diz que o pré-aviso enviado está datado a 28 de agosto para uma greve com início marcado para a meia-noite de dia 11 de setembro. No entanto, em declarações à agência Lusa, o presidente do Sindicato dos Enfermeiros, José Azevedo, afirma que o pré-aviso enviado está datado de 25 de agosto e não de 28, acrescentando ainda que irá fazer queixa ao Departamento de Investigação e Ação Penal.

A greve continua marcada para dia 11 de setembro até às 24h de dia 15 de setembro, para reivindicar a entrada de uma categoria de especialista na carreira, com um aumento de salário e a aplicação das 35 horas de trabalho semanais para todos os enfermeiros.