Politica

Teresa Morais relembra o trabalho do PSD aos "novos dirigentes"

A ex-vice-presidente do PSD desculpou Rio afirmando esteve "fora do parlamento muitos anos é até compreensível que não tenha acompanhado tudo o que se fez"

As críticas internas à direção social-democrata de Rui Rio não param. Desta vez foi a ex-ministra da Cultura do governo de Passos Coelho e sua ex-vice-presidente, Teresa Morais, a vir a terreiro criticar quem tem criticado o passado do PSD, relembrando que o partido "lançou à discussão pública" um relatório sobre políticas de natalidade e que enquanto esteve na oposição apresentou projetos sobre o tema. 

"É que parece ser preciso lembrar a alguns dos novos dirigentes do partido, que parecem ter chegado agora mas já por lá andam há muito tempo, que o PSD tem muito trabalho feito nestas áreas e que era bom ter consciência disso em vez de se falar destes temas como se eles fossem inéditos na agenda do PSD", escreveu a ex-ministra na sua página de Facebook. 

Para Teresa Morais, não é compreensível que os dirigentes sociais-democratas desvalorizem o trabalho que os anteriores dirigentes fizeram nos últimos anos. "Que a maioria de esquerda desvalorize o nosso trabalho, percebe-se. Que os nossos o ignorem é que não!", afirmou. E garantiu que as críticas não são para o atual presidente do partido, Rui Rio, por este ter estado "fora do parlamento muitos anos é até compreensível que não tenha acompanhado tudo o que se fez", mas sim para aqueles que "tinham a obrigação de conhecer em detalhe o nosso trabalho", sem contudo apontar alvos em concreto. 

"Não passem um atestado de menoridade a quem andou anos a trabalhar nestes temas. Se querem ser respeitados, claro!", concluiu.