Politica

Pinho continua a dar cartas no Ministério da Economia

Caldeira Cabral quer nomear Vasco Peixoto, ex-assessor de Pinho, para administrar a PME Investimentos.


Manuel Pinho continua a fazer valer o seu peso junto do Ministério da Economia. O atual ministro Manuel Caldeira Cabral – que foi assessor de Pinho durante o Governo de José Sócrates e, em 2011, do antigo ministro das Finanças, Teixeira dos Santos – quer nomear Vasco Vilela Peixoto para a liderança da PME Investimentos, sociedade financeira do setor empresarial do Estado, sujeita à supervisão do Banco de Portugal, e que tem por missão promover a dinamização e o alargamento da oferta de financiamento a empresas do setor não financeiro, em particular PME.

Vasco Peixoto, um dos homens de Manuel Pinho, ocupa atualmente o cargo de ajunto no gabinete do ministro da Economia. Ao que o SOL apurou, esta escolha está a ser contestada, uma vez que no seu curriculum tem desempenhado apenas funções de assessoria. No Governo de Sócrates foi assessor no Ministério da Administração Interna, adjunto no Ministério da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas e adjunto no Ministério da Defesa Nacional.

Saiba mais na edição impressa do SOL desta semana

Os comentários estão desactivados.