Politica

“Não há um líder a sério no PSD”, diz Marques Mendes

Ex-líder do PSD diz que “há uma desafinação total” no partido

Marques Mendes considera que a descoordenação dentro do PSD mostra que “não há um líder a sério” e dá uma má imagem do partido.

“Revela que não há liderança a sério no PSD. Se houvesse liderança a sério havia coordenação e nenhum dirigente dizia ou decidia uma coisa sem articular com o líder”, afirmou, no seu comentário na SIC, o ex-líder do PSD.

A direção do PSD considerou “gravíssima” a decisão da bancada parlamentar de votar a favor do projeto do CDS sobre combustíveis.

Marques Mendes considera que a situação “é grave”, porque têm existido vários episódios que revelam falta de coordenação. Para o comentador, estas divergências mostram que “não há debate político dentro do PSD” e “há uma desafinação total”.