Politica

Natalidade. Esquerda chumba pacote de propostas do CDS

Apenas o PSD apoiou os projetos dos centristas na hora da votação, depois de um debate parlamentar de mais de duas horas

O pacote de propostas do CDS-PP de incentivo à natalidade foi hoje chumbado no parlamento, com votos contra do PS, Bloco, PCP e PEV.

Apenas o PSD apoiou os projetos dos centristas na hora da votação, depois de um debate parlamentar de mais de duas horas.

As duas resoluções - uma do CDS-PP e outra do PSD - para a criação de uma comissão eventual para analisar propostas na área da natalidade também foram reprovadas.

André Silva, o deputado único do PAN, aprovou algumas das propostas, ao lado do PSD e do CDS, absteve-se noutras e chumbou, ao lado da esquerda, outras. 

No fim do debate, Assunção Cristas, lamentou o "chumbo" radical por parte das bancadas de esquerda e considerou que foi "mais uma oportunidade perdida" para adotar medidas para inverter o declínio demográfico, o que classificou de "desafio nacional".

"Rejeitar todas as propostas do CDS é não saber conviver em democracia, não saber dialogar e construir consensos", defendeu a líder centrista, promentendo voltar a apresentar propostas relacionadas a natalidade e a demografia.