Sociedade

Vistos Gold. Leitura do acórdão adiada para dia 4 de janeiro devido a greve

Arguidos no processo deviam conhecer hoje a decisão


A leitura do acórdão do processo Vistos Gold foi, esta sexta-feira, adiada para o dia 4 de janeiro do próximo ano, devido à greve parcial dos funcionários judiciais.

Recorde-se que os arguidos do processo, como o ex-ministro Miguel Macedo e o antigo presidente do Instituto de Registos e Notariado António Figueiredo, deveriam ter ficado a conhecer hoje decisão do tribunal, adianta a agência Lusa.