Sociedade

CP permite atrasos no serviço regular para que comboio da festa do PS circule com prioridade

Caso semelhante já havia acontecido em agosto de 2018

A Comboios de Portugal (CP) afetou o seu serviço regular, no último sábado, para que um comboio fretado pelo PS pudesse circular com prioridade e chegar a horas a uma ação de pré-campanha socialista em Aveiro.

De acordo com o Observador, o comboio, que transportava militantes socialistas, fez dezenas de paragens num circuito que foi desenhado unicamente para o evento e terá circulado num canal isolado. A CP nega a existência de atrasos nos restantes serviços. No entanto, de acordo com o mesmo jornal, eles existiram e houve comboios Alfa Pendular a fazer os serviços de Intercidades.

“O Intercidades das 6h30 de sábado, dia 27 de abril, o IC521, foi feito com um Alfa Pendular que devia estar no Porto para fazer a ligação de Alfa Pendular das 09h40, o AP120, do Porto para Lisboa”, referiu fonte da CP, citada pelo Observador, acrescentando ainda que nenhuma das viagens foi suprimida, mas que o comboio saiu com 20 minutos de atraso do Porto “por ter aguardado que a sua composição chegasse no IC521”.

O atraso em questão terá sido causado diretamente pela circulação do comboio fretado pelo Partido Socialista.

Mas o caso não foi único. Escreve o Observador que, por volta da mesma hora, e nas cidades e estações de onde saia o comboio do PS com destino a Aveiro, havia registo de atraso em pelo menos três comboios - um suburbano que seguia de Lisboa para a Azambuja, um Intercidades que saía de Lisboa com destino a Guimarães e um suburbano que partia da estação de São Bento, no Porto, para Aveiro.

Em resposta, a CP garante que “todos os comboios foram realizados com partidas e chegadas dentro do horário estabelecido” e que aconteceram apenas ligeiros atrasos. “6 minutos de atraso do comboio Intercidades à chegada a Braga e 1 minuto de atraso no comboio urbano do Porto à chegada a Aveiro”, explicou a empresa.