Politica

Parlamento aprova recuperação integral do tempo de serviço dos professores

Apenas o PS votou contra esta proposta conjunta

Os deputados do PSD, CDS, PCP e BE aprovaram esta quinta-feira a recuperação integral do tempo de serviço dos professores – os docentes irão recuperar 3411 dias, ou seja, nove anos, quatro meses e dois dias. 

Apenas o PS votou contra esta proposta conjunta.

Recorde-se que os partidos estão a a votar na especialidade os três diplomas (do PCP, BE e PSD) com alterações ao decreto do Governo sobre o descongelamento da carreira dos professores. 

Os partidos querem que a recuperação do tempo de serviço seja aplicada este ano a todos os professores e não apenas aos que forem promovidos em 2019 por via do descongelamento das carreiras, como foi aprovado pelo Governo.