Politica

Há confiança e tranquilidade na corrida à liderança do PSD

Rio sublinha, no entanto, que "nunca se sabe".

A poucas horas de fecharem as urnas, os dois candidatos à liderança do PSD já exerceream o seu direito de voto. Na sede do PSD do Porto, Rui Rio afirmou estar "confiante" numa vitória. Garantindo estar "tranquilo como em todas as eleições", o líder do partido sublinhou que "nunca se sabe".

"Estou confiante, mas tenho sempre de pôr dois cenários, nunca se sabe", afirmou, acrescentando que "até poderia pôr três [cenários], mas um empate é estatisticamente difícil".

Mais a sul, no distrito de Aveiro, também Luís Montenegro falou aos jornalistas. "Estou muito confiante e muito tranquilo. A campanha foi uma campanha longa, tive sempre o cuidado de fazer o maior número de sessões e de encontros com os militantes para poder esclarecer os meus propósitos, as minhas ideias, as minhas convicções e as orientações estratégicas que pretendo para o PSD. Fi-lo sempre com elevação, sem atacar ninguém", disse o antigo líder parlamentar do PSD, na Junta de Freguesia de Espinho.

Luís Montenegro afirmou ainda, quando questionado acerca da anulação dos votos no PSD/Madeira, que este processo eleitorial "fica manchado pelo facto de haver militantes impedidos de exercerem o seu direito de voto".