Politica

Parlamento aprova audição a presidente da Câmara de Santo Tirso

De acordo com o requerimento do PAN aprovado na Comissão de Agricultura e Mar, Alberto Costa deverá ser ouvido a 30 de julho, estando a data sujeita a possíveis alterações.

A Assembleia da República aprovou, esta quinta-feira, a realização de uma audição parlamentar do presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, a propósito da morte de mais de 70 animais, durante um incêndio, em dois abrigos ilegais do concelho.

De acordo com o requerimento do PAN aprovado na Comissão de Agricultura e Mar, Alberto Costa deverá ser ouvido a 30 de julho, estando a data sujeita a possíveis alterações.

Na nota, a deputada do PAN Bebiana Cunha assinalou que é necessário "lembrar as responsabilidades políticas do município, nomeadamente do presidente da autarquia, que se demitiu de exercer as suas competências em matéria de proteção civil com vista ao resgate dos animais, ao mesmo tempo que não exigiu a presença do médico veterinário municipal no local e não providenciou a evacuação dos animais".

Para a deputada, o autarca socialista "contribuiu assim para o agravar da situação e para que não fosse prestado o pronto e devido auxílio aos animais".

No total, 73 animais morreram na sequência de um incêndio que atingiu os dois abrigos, outros 190 foram resgatados com vida, tendo sido acolhidos por associações, particulares e canis municipais.