Politica

Ventura: “Eu e Salvini, de mãos dadas, é um sinal para o futuro de Portugal e Itália”

Líder do Chega vai encontrar-se com ex-vice-primeiro-ministro italiano em Roma.

O líder demissionário e recandidato do Chega vai a Itália, entre 10 e 11 de setembro, onde se reunirá com o italiano Matteo Salvini, presidente da Liga Norte.

"O Chega está a crescer na direita europeia. Por toda a Europa, os partidos da Identidade e Democracia (ID) respeitam agora Portugal como um exemplo de crescimento de uma força antissistema. Eu e Salvini, de mãos dadas, é um sinal para o futuro de Portugal e Itália", afirmou André Ventura em declarações à agência Lusa.

A comitiva do Chega contará ainda com o vice-presidente Diogo Pacheco Amorim e o diretor de relações públicas e protocolo, Ricardo Regala.