Internacional

Kim Jong-un pede desculpa por assassinato de oficial da Coreia do Sul

Líder norte-coreano lamentou "desapontar o Presidente Moon Jae-in e os sul-coreanos".

O líder norte-coreano Kim Jong-un pediu desculpa pelo assassínio de um oficial da Coreia do Sul nas suas águas territoriais, informou esta sexta-feira o gabinete da Presidência em Seul.

Kim Jong-un classificou o incidente como "um caso vergonhoso" e pediu desculpa por “desapontar o Presidente Moon Jae-in e os sul-coreanos", segundo a agência noticiosa da Coreia do Sul.

Recorde-se que o Ministério da Defesa sul-coreano acusou, esta quinta-feira, a Coreia do Norte de matar um dos seus oficiais, que tinha desaparecido na fronteira entre os dois países, e de ter incinerado o corpo.