Internacional

Governo francês lança alerta terrorista em todo o país após ataque em Nice. Ferro Rodrigues envia mensagem ao seu homólogo

Ferro Rodrigues enviou ao seu homólogo francês uma mensagem a condenar o "ataque bárbaro" e a expressar a solidariedade do parlamento português.


O primeiro-ministro francês, Jean Castex, decretou, esta quinta-feira, o nível de alerta terrorista em todo o país, depois do ataque que matou três pessoas em Nice, esta manhã.

O governante explicou, na Assembleia Nacional, que a segurança de edifícios, transportes e locais públicos vai ser elevada para o nível "emergência atentado".

Jean Castex adjetivou ainda o ataque de "ignóbil, bárbaro e abjeto", prometendo uma resposta "firme, implacável e imediata".

Recorde-se que três pessoas morreram na basílica de Notre-Dame, na sequência de um ataque com uma faca. O suspeito foi detido e transportado para o hospital, depois de ser baleado durante a detenção, e a procuradoria antiterrorista francesa já anunciou a abertura de uma investigação por "assassínio" após o ataque.

Duas horas depois do ataque em Nice, um homem armado com uma faca foi baleado por um polícia, em Avignon, após ter tentado atacar o agente e gritado "Allahu Akbar" (Deus é Grande).

O ataque levado a cabo em Nice é o terceiro ataque que ocorre desde a abertura em setembro de um julgamento de terrorismo sobre as mortes no jornal satírico Charlie Hebdo.

Face ao sucedido, o presidente da Assembleia da República portuguesa enviou ao seu homólogo francês uma mensagem a condenar o "ataque bárbaro" e a expressar a solidariedade do parlamento português.

"Este ataque vem pôr à prova os nossos valores e o nosso modelo de sociedade. A ameaça e a intimidação violentas não nos devem afastar do que é verdadeiramente essencial: O respeito pelos direitos fundamentais e pela liberdade", escreveu Ferro Rodrigues.