Politica

BE apresenta queixa à CNE devido a debate entre Moedas e Medina

Bloco de Esquerda considera que debate anunciado pela TVI entre apenas dois dos candidatos à Câmara Municipal de Lisboa viola a lei eleitoral.


Beatriz Gomes Dias, candidata do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal de Lisboa, revelou, através do Twitter, que apresentou uma queixa à Comissão Nacional de Eleições (CNE) devido ao debate entre Carlos Moedas e Fernando Medina, anunciado pela TVI.

“A TVI anunciou que os candidatos do PS e PSD a Lisboa aceitaram debater só os dois. Não só a lei não o permite em período eleitoral como os debates devem ser tão inclusivos quanto possível. Apresentamos queixa à CNE porque não prescindimos da democracia”, escreveu Beatriz Gomes Dias.

Sublinhe-se que em causa está o debate, que será transmitido a 7 de setembro, entre o cabeça de lista da coligação Novos Tempos à Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, e o atual presidente da autarquia e candidato do PS, Fernando Medina.

Também João Ferreira, candidato a Lisboa pela CDU, já tinha recorrido às redes sociais para criticar a estação de Queluz, por promover um “debate entre dois candidatos à Câmara de Lisboa, excluindo todos os outros”.

Para o comunista trata-se de “uma grosseira violação dos deveres de imparcialidade, além de outros princípios que a lei protege em período eleitoral”.