Sociedade

Iraquianos detidos em Lisboa por suspeita de terrorismo ficam em prisão preventiva

Irmãos de 32 e 34 anos foram detidos esta quarta-feira. Juiz de instrução determinou esta noite a prisão preventiva


Os dois irmãos iraquianos, de 32 e 34 anos, detidos na quarta-feira em Lisboa pela Polícia Judiciária por suspeitas de pertencerem ao Estado Islâmico (EI), vão ficar em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Lisboa.

Segundo o i apurou, a medida de coação foi determinada esta noite pelo juiz de instrução.

Os dois irmãos são suspeitos dos crimes de adesão e apoio a organização terrorista, de terrorismo internacional e crimes contra a humanidade. Estavam em Portugal desde 2017, depois de um pedido de asilo. Só um dos homens falou diante do juiz, não assumindo nenhum dos crimes pelos quais foram indiciados.

A operação que levou à detenção dos dois iraquianos esteve a cargo da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária.