Desporto

Pinto da Costa suspeito de desviar 40 milhões

Pinto da Costa é suspeito de ter desviado 40 milhões de euros da SAD, em negócios de transferências de jogadores.


O presidente do FC Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa, é um dos suspeitos nas buscas que estão hoje a ser realizadas à SAD do clube e a residências e locais de trabalho de dirigentes desportivos e empresários de futebol.

Segundo o Inevitável e o Nascer do Sol apuraram, Pinto da Costa é suspeito de ter desviado 40 milhões de euros da SAD, em negócios de transferências de jogadores.

O inquérito é liderado pelo procurador-geral adjunto Rosário Teixeira, coadjuvado pela Autoridade Tributária e pela PSP. Estão em causa suspeitas de crimes de burla qualificada, fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais, numa investigação que decorre há algum tempo no DCIAP e abrange ainda os empresários de futebol Pedro Pinho e Alexandre Pinto da Costa, filho do presidente do FC Porto.