Vida

Vidente que previu a morte da princesa Diana e o 11 de setembro diz que haverá um novo vírus mortal em 2022

A vidente cega búlgara Vangelia Gushterova, conhecida como ‘Baba Vanga’, morreu em 1996, mas deixou previsões para os próximos anos. Em 2022, espera-se, entre vários acontecimentos, um novo vírus e um tsunami.


Vangelia Gushterova, a vidente cega búlgara, conhecida como ‘Baba Vanga’ ou ‘Nostradamus dos Balcãs’, morreu em 1996, mas deixou uma série de previsões para 2022. Sublinhe-se que a mulher previu vários acontecimentos como a morte da princesa Diana, os ataques do 11 de setembro, o tsunami de 2004 na Ásia, o Brexit e a ascensão do Estado Islâmico.

A mulher alegou que perdeu a visão aos 12 anos por “causas naturais” e que “ganhou um presente de Deus” ao poder prever o futuro. Segundo a imprensa internacional, as previsões têm 85% de precisão.

Para 2021, Baba Vanga previu a existência de uma atividade sísmica e vulcânica significativa, além de inundações e tempestades.

Agora prevê que 2022 seja o ano em que será descoberto um novo vírus. Apesar de o mundo ainda estar a enfrentar a pandemia de covid-19, uma equipa de pesquisadores na Sibéria irá encontrar um vírus mortal na tundra siberiana.

Haverá uma crise hídrica e várias cidades de todo o mundo irão sofrer com a escassez de água potável. A poluição nos rios irá aumentar e, tal como previra para 2004 nos países asiáticos, um tsunami irá assolar a Ásia e a Austrália.

Por fim, a previsão mais bizarra tem a ver com o asteroide Oumuamua, observado pela primeira vez em 2017. Para a vidente, este asteroide foi enviado por extraterrestres, que, em 2022, irão atacar o planeta Terra.

Os comentários estão desactivados.